A humilhante derrota do Manchester United em casa diante do Liverpool (0-5) veio complicar a já difícil vida de Ole-Gunnar Solskjaer no banco dos Red Devils. O técnico tem sido muito criticado no banco do United devido aos maus resultados e exibições cinzentas e começam a faltar argumentos para a sua manutenção.

Jamie Carragher, antigo internacional inglês, é de opinião que o treinador devia ter uma melhor estrutura à sua volta, dada a sua inexperiência.

"O Manchester United deve ter os melhores da classe - os melhores gestores e treinadores do mundo. Se tens o Solskjaer como treinador precisas de um Carlos Queiroz como adjunto. Não podes ter pessoas a aprender, mas que não têm a experiência de treinar num clube deste tamanho. Há o Mike Phelan, mas não acho que seja treinador, depois têm o Michael Carrick e o Kieren McKenna que nunca treinaram uma equipa na vida. É preciso alguém que já tenha estado lá e saiba", disse o antigo jogador do Liverpool, na análise do jogo à 'Sky Sports'.

# Equipa P J
1 Chelsea 33 14
2 Man. City 32 14
3 Liverpool 31 14
4 West Ham 24 14
5 Arsenal 23 14
6 Tottenham 22 13
Mais sobre Premier League

De referir que Carlos Queiroz esteve quatro anos no Manchester United, como adjunto de Alex Ferguson, entre 2004 e 2008. Atulamente o português comanda a seleção do Egipto.

O Liverpool impôs no domingo a maior derrota da época ao Manchester United, ao vencer em Old Trafford com uma ‘mão cheia’ de golos (5-0), em jogo da nona jornada da Liga inglesa de futebol em que Salah brilhou. No lado dos ‘reds’ também Diogo Jota esteve em bom plano, com o internacional português a marcar o 2-0, aos 13 minutos, já depois de Keita, a passe de Salah, ter feito o 1-0, logo aos cinco minutos.

A equipa de Manchester nunca foi capaz de ameaçar o Liverpool, que ao intervalo já vencia por 4-0, numa marcha de marcador que aos golos de Keita e Diogo Jota, ainda juntou um ‘hat-trick’ de Salah. O egípcio, um dos futebolistas mais entusiasmantes da atualidade, deu um verdadeiro ‘show’, com golos aos 38, 45+5 e 50 minutos, num jogo em que o alemão Jurgen Klopp optou por juntar Diogo Jota e Firmino a Salah, ao invés de optar por Sadio Mane.

A goleada do Manchester United faz aumentar a contestação ao treinador Ole Gunnar Solskjaer, depois de vários resultados questionáveis da equipa, que não vence há quatro jornadas e é sétima classificada na Liga, a oito pontos do líder Chelsea. Por seu lado, o Liverpool reocupa a segunda posição, a um ponto dos ‘blues’, e também com mais um de diferença para o campeão Manchester City, que é terceiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.