Paul Scholes mostrou-se muito crítico com a equipa do Manchester United, após a goleada sofrida pelos Red Devils em casa diante do rival Liverpool, para a Premier League. O antigo jogador do United arrasou o jovem extremo Mason Greenwood pela forma como abordou a jogada que acabou no segundo golo do Liverpool, marcado por Naby Keita.

"Taticamente foi muito mau, mas por outro lado os jogadores também precisam de ter algum tipo de bom senso. Pensas em Mason [Greenwood] naquele momento e parece que foi quase uma traição. Sabia que não ia ficar com a bola e que não pode fazer nada [para a recuperar]. É quase uma forma traiçoeira de correr até o jogador, ele passa e Mason dá uns passos e pensa: 'Fiz minha parte'. Mas não fez. Arruinou toda a equipa, que foi toda tirada da posição, [Aaron] Wan-Bissaka tem que sair, [Victor] Lindelof termina na lateral-direita e cria espaço no meio", analisou, em declarações à 'Premier League Productions'.

O Liverpool impôs no domingo a maior derrota da época ao Manchester United, ao vencer em Old Trafford com uma ‘mão cheia’ de golos (5-0), em jogo da nona jornada da Liga inglesa de futebol em que Salah brilhou. No lado dos ‘reds’ também Diogo Jota esteve em bom plano, com o internacional português a marcar o 2-0, aos 13 minutos, já depois de Keita, a passe de Salah, ter feito o 1-0, logo aos cinco minutos.

# Equipa P J
1 Man. City 35 15
2 Liverpool 34 15
3 Chelsea 33 15
4 West Ham 27 15
5 Tottenham 25 14
6 Man. United 24 15
Mais sobre Premier League

A equipa de Manchester nunca foi capaz de ameaçar o Liverpool, que ao intervalo já vencia por 4-0, numa marcha de marcador que aos golos de Keita e Diogo Jota, ainda juntou um ‘hat-trick’ de Salah. O egípcio, um dos futebolistas mais entusiasmantes da atualidade, deu um verdadeiro ‘show’, com golos aos 38, 45+5 e 50 minutos, num jogo em que o alemão Jurgen Klopp optou por juntar Diogo Jota e Firmino a Salah, ao invés de optar por Sadio Mane.

A goleada do Manchester United faz aumentar a contestação ao treinador Ole Gunnar Solskjaer, depois de vários resultados questionáveis da equipa, que não vence há quatro jornadas e é sétima classificada na Liga, a oito pontos do líder Chelsea. Por seu lado, o Liverpool reocupa a segunda posição, a um ponto dos ‘blues’, e também com mais um de diferença para o campeão Manchester City, que é terceiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.