O Manchester City chegou a acordo com o Valência para a contratação do extremo Ferran Torres, por um valor inicial de 25 milhões de euros, que poderá subir até aos 37 milhoes em função do desempenho do jogador e do cumprimento de várias cláusulas.

Ferran Torres, de 20 anos, é assim o escolhido por Pep Guardiola para colmatar a saída de Leroy Sané, que vai rumar ao Bayern de Munique.

A formação espanhola terá começado por pedir um valor acima dos 45 milhões de euros, mas o impacto da COVID-19 nas finanças dos clubes e o facto de Torres ter apenas mais um ano de contrato com o clube 'Che' fizeram baixar as exigências.

A facilitar o acordo terá estado, igualmente, o facto de o City já não se encontrar perante a perspectiva da exclusão das competições europeias por duas temporadas, depois de o TAS ter anulado a sanção aplicada pela UEFA ao clube inglês devido a violações do Fair Play Financeiro.

Internacional sub-21 por Espanha, Torres estreou-se pelo Valência na temporada de 2017/18, afirmando-se como titular na temporada seguinte, na qual disputou 37 encontros pelo clube.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.