O avançado inglês deveria apresentar-se hoje no centro de treinos dos 'spurs', dia em que estava marcado o seu regresso aos trabalhos depois da participação no Euro2020.

"Não se apresentou no treino do Tottenham. É uma decisão do Harry Kane e não está relacionada com o teste à COVID-19. Kane assume que tem um acordo de cavalheiros com o clube desde o ano passado para deixar os 'spurs' este verão", noticiou Fabrizio Romano, jornalista especialista em transferências.

Recorde-se que Kane já tinha anunciado que queria deixar o Tottenham neste verão.

O Manchester City é o principal interessado na estrela da seleção inglesa, tendo apresentado uma proposta no valor de 100 milhões de euros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.