O diretor executivo da Federação Inglesa de Futebol (FA), Martin Glenn, vai abandonar o cargo no final desta época, após quatro anos a exercer funções, anunciou hoje o organismo federativo em comunicado.

“Vim para o cargo com a forte convicção de que o desempenho das seleções inglesas nos torneios podia e devia melhorar. Abandono orgulhoso com o sucesso de todos os resultados das seleções”, afirmou Glenn.

Sob a liderança de Glenn, a seleção principal masculina alcançou as meias finais do Mundial2018, na Rússia, pela primeira vez em 28 anos, e apurou-se para a primeira ‘final four’ da Liga das Nações, a realizar-se em Portugal, em junho, enquanto a representação feminina atingiu as meias-finais do Campeonato do Mundo de 2015.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.