Depois da humilhação do Manchester United frente ao Liverpool (5-0), Cristiano Ronaldo foi um dos nomes que mais críticas recebeu, nomeadamente do jornalista Jonathan Wilson, que o culpa diretamente pela pesada derrota.

"Na última época o United teria conseguido enfrentar um adversário como o Liverpool, mas agora não o pode fazer por causa de Cristiano Ronaldo. Ele tem de jogar porque é o Cristiano Ronaldo. Mas não oferece praticamente nada na fase defensiva porque é o Cristiano Ronaldo. Não tem mobilidade suficiente para jogar como os antigos avançados do Solskjaer que enfrentavam equipas de alto nível. Os golos dele, como aquele contra a Atalanta, podem trazer resultados, mas apenas tapam as rachas enquanto desmoronam a parede", começou por apontar.

"Este é o jogador que nos últimos três anos custou o emprego a Massimiliano Allegri, Maurizio Sarri e Andrea Pirlo. Qualquer equipa onde ele jogue torna-se, inevitavelmente, o FC Ronaldo e, independentemente do que isso possa significar em venda de camisolas e de impacto nas redes sociais, não é propício para jogar o tipo de futebol que dá títulos", acrescentou ainda Jonathan Wilson.

Recorde-se que a derrota do Manchester United frente ao Liverpool fez também crescer ainda mais a contestação em torno de Ole Gunnar Solskjaer, depois de vários resultados questionáveis da equipa, que não vence há quatro jornadas e é sétima classificada na Liga inglesa, a oito pontos do líder Chelsea.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.