"Apenas os clubes que cumpram as rigorosas medidas de segurança estarão autorizados" a montar estas bancadas permanentes, especificou a governante.

Os adeptos em pé foram banidos das duas principais divisões do futebol inglês há cerca de 28 anos, desde uma decisão de agosto de 1994 após a tragédia de Hillsborough, Sheffield, em 1989, quando 97 seguidores do Liverpool morreram e várias centenas ficaram feridos na sequência de uma debandada gigante antes do início do desafio das meias-finais da Taça contra o Nottingham Forest.

Chelsea, Manchester City, Manchester United e Tottenham participaram numa experiência bem-sucedida durante a segunda metade da temporada passada, tal como o Cardiff, de divisões secundárias.

Ainda assim, e apesar de algumas simulações em Anfield Road, não é expectável que o Liverpool adira para já a essa possibilidade, num pedido de autorização que terá validade permanente.

Wolverhampton, Brentford e Queen's Park Rangers são alguns dos clubes que já anunciaram que vão disponibilizar esse tipo de bancadas para os seus adeptos, bem como para os visitantes.

O governo anunciou que o próprio Estádio de Wembley vai oferecer essa possibilidade, sendo que será realizado um teste em setembro num jogo da Liga das Nações entre a Inglaterra e a Alemanha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.