Bruno Fernandes afirmou que a invasão dos adeptos a Old Trafford no último domingo não tem comparação com a invasão à Academia de Alcochete, em 2018.

Na conferência de antevisão ao jogo de amanhã, frente à Roma, o português admitiu que a situação do passado fim de semana não foi fácil, uma vez que a equipa estava num bom momento para defrontar o Liverpool, eterno rival.

"Claro que foi difícil para nós porque queríamos jogar, é que importa para nós. Preparámo-nos bem para um grande jogo e jogar estes jogos é sempre bom e sentíamo-nos bem, tinha sido uma boa semana. Aconteceu isto, os fãs têm a sua opinião e acharam que aquilo era o melhor a fazer. O nosso foco é jogar e fazer o melhor pelo clube", disse.

Questionado sobre uma eventual comparação dos incidentes em Manchester com os que viveu em Alcochete, Bruno Fernandes considerou que se trataram de situações muito diferentes e que neste caso, nada teve a ver com os jogadores.

"Não tem nada a ver. O que aconteceu no Sporting foi completamente diferente, foi algo entre os adeptos e os jogadores. Aqui nós não temos problema com os adeptos, os adeptos não vêm ter connosco. Os problemas que os adeptos tiveram no Sporting foi direcionado aos jogadores e foi bem diferente do que aconteceu connosco no domingo. Não quero comparar porque não me quero recordar do que aconteceu no Sporting, isso é passado. Do Sporting tenho boas memórias e o que se passou no domingo já passou, estou focado na Roma", afirmou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.