Depois de 17 meses no comando técnico do Tottenham, Mourinho foi demitido do cargo de treinador dos spurs.

Sem títulos conquistados durante esse período, o técnico português terá perdido o controlo do balneário depois das derrotas consecutivas frente ao Liverpool, Brighton e Chelsea.

É o portal "The Athletic" que aponta as razões para a saída do timoneiro português. Segundo a publicação, o técnico começou a culpar os atletas por erros individuais.

"Toda a união da era Pochettino desapareceu", pode ler-se. O 'The Athletic' também cita fontes próximas do clube que fazem eco do ambiente que se vivia no balneário.

"Quatro ou cinco jogadores adoravam-no, outros quatro ou cinco odiavam-no e para outros quatro ou cinco era indiferente", refere-se.

A forma de olhar para o jogo, demasiado defensivo, também foi alvo de críticas por parte de alguns jogadores, que o disseram abertamente. Uma situação em particular passou-se no intervalo da partida frente ao City.

"Você acha mesmo que isto foi bom?", questionou um jogador, depois de Mourinho ter elogiado ao intervalo a capacidade defensiva da equipa. Depois do 0-0 ao intervalo, a equipa orientada por Pep Guardiola marcaria três golos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.