O selecionador francês, Didier Deschamps, apresentou hoje queixa contra a modelo britânica Anara Atanes, noiva do futebolista do Manchester City Sami Nasri, por injúrias na rede social Twitter, após saber que este ficou de fora do Mundial.

A queixa, à qual também se associou a Federação Francesa de Futebol (FFF), foi confirmada pelos advogados do selecionador e do organismo máximo do futebol francês.

“Que se f... a França e Deschamps, treinador de m...!”, escreveu Atanes, depois de tomar conhecimento que o namorado nem sequer era um dos sete jogadores de reserva que integrarão a concentração da seleção francesa, e que só irão ao Mundial se algum dos 23 colegas escolhidos se lesionar.

Apesar de Atanes, mais tarde, ter pedido desculpa na mesma rede social, Deschamps e a FFF mantiveram a decisão de prosseguirem com a queixa devido à grande repercussão que os insultos tiveram nos “media” de todo o Mundo, revelou o advogado do selecionador, Carlo-Alberto Brusa.

De recordar que este foi mais um capítulo nas divergências entre Nasri e Deschamps, que já tinha orientado o jogador do Manchester City quando ambos representavam o Olympique de Marselha.

Entretanto, Deschamps justificou a não convocação de Nasri para o Mundial do Brasil com a “falta de atitude” do jogador “quando não é titular”, estatuto que nunca conquistou na seleção.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.