Mauricio Pochettino, treinador do PSG, falou esta terça-feira sobre a gestão do quarteto ofensivo formado por Neymar, Messi, Di María e Mbappé, que tarda em dar frutos.

"Leo [Messi], Neymar e Di María conhecem-se bem, já têm afinidades criadas. Estamos num momento em que temos de integrar o talento de Mbappé com, por exemplo, a relação Messi-Di María ou Messi-Neymar, e isso demora tempo. Mas estamos contentes pelo modo como as estamos a avançar e as melhorias já demonstradas no jogo com o Lyon", afirmou o treinador argentino, em conferência de imprensa de antevisão da partida frente ao Metz.

"Temos mesmo de criar esse automatismo com o tempo, com os treinos. Antes do jogo com o Lyon modificámos o esquema de 4x3x3 para 4x2x3x1 e há questões sobre posicionamento, cumplicidade e organização de jogo que precisam de ser trabalhadas", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.