O Mónaco sofreu hoje a 13.ª derrota no campeonato francês de futebol, em Dijon, por 2-0, num jogo que teve Leonardo Jardim na bancada, um dia após ter sido anunciado o regresso do treinador português do clube monegasco.

O Dijon abriu o marcador no jogo da 22.ª jornada aos 24 minutos, pelo médio sul coreano Chang-Hoon Kwon, a culminar uma entrada forte no jogo, mas a reação do Mónaco na segunda parte foi comprometida pela expulsão do veterano central brasileiro Naldo, contratado aos alemães do Schalke nesta ‘janela’ de mercado pela equipa monegasca.

Decorria o minuto 60 quando Naldo viu o cartão vermelho direto por uma entrada muito dura sobre um adversário e deixou o Mónaco em inferioridade numérica, na melhor fase da equipa, quando procurava chegar ao empate.

O médio tunisino Naim Sliti aproveitou a situação para sentenciar, aos 69 minutos, a derrota do Mónaco, que se mantém em penúltimo lugar, com 15 pontos, e pelo qual alinhou o internacional português Rony Lopes durante os 90 minutos.

Nos restantes jogos da 22.ª jornada hoje disputados, o Estrasburgo recebeu e venceu o Bordéus por 1-0, com o único golo a ser marcado aos 90+3 minutos, pelo lateral direito Kenny Lala, o Reims foi a Guingamp levar os três pontos ao ganhar por 1-0, enquanto o Nice fez valer o ‘fator casa’ para derrotar o Nimes por 2-0.

O Paris Saint-Germain lidera o campeonato de forma destacada, com 53 pontos e menos três jogos disputados, seguido do Lille, com 43, e do Lyon, com 37 (menos um jogo).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.