Ander Herrera foi assaltado na terça-feira, numa conhecida zona de prostituição em Paris. Segundo explicou fonte do PSG à AFP, o médio estava parado num semáforo quando "uma pessoa entrou no seu veículo e agarrou o telemóvel e carteira, que estavam à vista".

O espanhol terá oferecido uma recompensa para recuperar os seus pertences, conta ainda a fonte: “Ele disse: ‘dou-te 200 euros, mas devolve-me a minha carteira e o meu telemóvel’, depois deixou a pessoa afastar-se e chamou a polícia.”

Já o jornal francês Le Point avançou que Herrera foi assaltado por uma prostituta, que terá ameaçado o jogador com um objeto para entrar no seu carro.

De acordo com as autoridades, o assalto aconteceu por volta das 20h.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.