O FC Porto visita esta quinta-feira o Feyenoord, para a segunda jornada da fase de grupos da Liga Europa. Na antevisão à partida, Sérgio Conceição falou sobre as dinâmicas da equipa e recordou os seis meses de convivência com Jaap Stam, treinador da equipa holandesa, que coincidiu com o português na Lazio nos tempos de jogador.

Jaap Stam, treinador do Feyenoord: "O Stam não era uma pessoa muito expansiva no balneário, mas era um líder, alguém com caráter. Estivemos apenas seis meses juntos e depois regressei ao meu clube, o FC Porto. Tive uma convivência fantástica com ele. Olho para o Feyenoord e vejo uma equipa tipicamente holandesa, que marca muitos golos, mas ao ver o duelo deles frente ao Rangers vi alguns comportamentos diferentes, o que é habitual, porque as equipas muitas vezes adoptam posturas diferentes nas competições europeias."

FC Porto sem Corona: "A dinâmica de uma equipa tem a ver com a relação entre os jogadores. É importante os colegas saberem o que os defesas, os médios e os avançados fazem. Falamos de um trabalho coletivo em que o defesa deve saber o que faz o médio. Mas não estou preocupado com qualquer tipo de baixa ou quem eventualmente possa render o Corona. Estamos todos focados na mesma dinâmica."

Stam disse que FC Porto é favorito para ganhar a Liga Europa: "Em termos teóricos temos um historial diferente das outras equipas, mas temos também de correr para ganhar os jogos. O que o Stam disse é verdade, transportamos muito do que nós somos. Em relação ao que o Stam disse sobre mim enquanto jogador e sobre o caráter que tinha, gosto que as minhas equipas ataquem, mas que também saibam que têm uma baliza para defender. Esse equilíbrio é fundamental no futebol."

Foi no estádio do Feyenoord que Conceição marcou três golos pela seleção portuguesa, há 16 anos: "Gosto sempre de fazer história e ainda por cima é um orgulho representar o FC Porto. Eu relativizo o que se passou nesse ano. Quando eu estiver desempregado, aí sim vou lembrar-me dos bons momentos, e esse fará parte. Agora, enquanto treinador, o foco está no jogo."

Supertaça Europeia joga-se no Dragão: "Sei desse facto, mas nunca conversei com os jogadores sobre isso. Conversámos sobre o trabalho diário que fazemos, que agora de três em três dias temos jogos. A seguir vamos ter uma paragem mais prolongada, mas agora temos tanto trabalho que focamo-nos em cada etapa, cada jogo. Toda a atenção está na partida com o Feyenoord."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.