Depois do segundo empate do Atlético de Madrid para a La Liga, frente ao Athletic Bilbao, Savic saiu em defesa de João Félix e deixou críticas à arbitragem de Gil Manzano, que expulsou o português com um duplo amarelo em poucos segundos.

Após o encontro, o jogador do Atletico de Madrid criticou a quantidade de números vistos pela sua equipa e pede compreensão aos árbitros pelo 'calor do momento'.

Vídeo: João Félix expulso no empate do Atlético Madrid frente ao Athletic Bilbao
Vídeo: João Félix expulso no empate do Atlético Madrid frente ao Athletic Bilbao
Ver artigo

"Não sabemos o que está a acontecer, não temos sorte. Não pensamos nas coisas em que não temos influência. Não é possível que recebamos tantos cartões. O ritmo sobe e estamos quentes, não é o mesmo que falar com a cabeça fria, sobe a adrenalina. Com o árbitro não se pode falar, não é normal que nos mostre 15 cartões por cada palavra. É melhor não dizer nada", disse, citado pelo AS.

O montenegrino abordou depois o lance que valeu a João Félix o primeiro amarelo, considerando-o uma decisão errada.

"Vê-se que o João Félix corre, não tem intenção de tocar e não é amarelo. Pode-se dizer as coisas e eles têm de entender que às vezes uma palavra saia do lugar", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.