O mexicano Javier Aguirre deixou o cargo de treinador do Leganés, um dia depois da formação dos arredores de Madrid ter selado a despromoção ao segundo escalão do futebol espanhol, anunciou hoje o clube.

O técnico, de 61 anos, assumiu o leme dos ‘Pepineros’ em novembro de 2020, substituindo o argentino Maurício Pellegrino, e alcançou sete vitórias, 10 empates e nove derrotas, resultados insuficientes para manter a equipa na ‘La Liga’.

“O clube agradece a Javier Aguirre e à sua equipa técnica pelo profissionalismo durante estes meses, nos quais assumiu o banco numa situação difícil, e manteve a equipa viva até o último jogo da temporada”, escreveu o clube, no qual alinhou o português Kevin Rodrigues por empréstimo da Real Sociedad, na sua página oficial na Internet.

O Leganés, que na 38.º e última jornada do campeonato empatou a dois golos na receção ao campeão Real Madrid, terminou a prova no 18.º posto, com 36 pontos, menos um do que o Celta de Vigo. O Maiorca, 19.º, com 33, e o Espanyol, 20.º, com 25, foram igualmente despromovidos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto