Gerard Piqué garantiu que outros jogadores do Barcelona vão aceitar baixar os seus salários em breve, para que o clube possa cumprir com o fair-play financeiro da Liga Espanhola. O capitão do Barcelona deu o exemplo e na semana passada, aceitou uma redução salarial para que o clube catalão pudesse ter margem para inscrever as contratações de verão.

Numa conversa na rede de streaming Twitch, o defesa central deixou garantias: outros irão seguir o seu exemplo.

"Desde o primeiro dia que eu, o Busquets, o Jordi Alba e o Sergi Roberto estivemos abertos a isso. Nascemos e crescemos aqui, somos da casa. Não nos alheamos da situação e facilitamos as coisas. Todos eles estão perto de chegar a um acordo. Por uma questão de 'timings' decidiram que eu fosse o primeiro para que se pudessem inscrever as novas contratações. Às vezes a informação não flui como gostaríamos ou há mal-entendidos. E eu quero deixar isto muito claro: os meus companheiros vão fazer o mesmo esforço que eu e gostaria que no Camp Nou as pessoas nos ajudassem estando com a equipa: é disso que precisamos", garantiu o jogador.

Piqué baixa salário e Barcelona inscreve reforços Depay, Eric García e Rey Manaj
Piqué baixa salário e Barcelona inscreve reforços Depay, Eric García e Rey Manaj
Ver artigo

O defesa de 34 anos deixou elogios a Laporta que, garante, tem uma relação muito melhor com os jogadores quando comparado com Bartomeu, ex-presidente do clube.

"A relação com Laporta é melhor do que a que existia com Bartomeu. Vários jogadores sentiram-se enganados por Bartomeu. Com Laporta há mais consideração, mais trato, vem mais à cidade desportiva. Voltaram a haver hierarquias e o presidente assume o comando e toma decisões", elogiou.

Piqué garantiu que irá retirar-se no Barcelona quando sentir que já não tem forças para ajudar o clube no relvado e mostrou-se entusiasmado com os jovens do plantel.

"Vem aí uma geração que é fantástica: Gavi, Nico, Demir, Riqui e Pedri, que não é da formação mas é muito jovem. E o Ansu, o Araújo e o Eric Garcia. Temos muita gente jovem com muito nível. Há que preservar sempre a essência do Barcelona. A La Masia é muito importante e não podemos deixá-la de lado para poder competir com outras equipas, clubes ou até países", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.