O futebolista mexicano Jesús Corona, ex-jogador do FC Porto, afirmou hoje que o seu ingresso no Sevilha começou a ganhar força há ano e meio em conversas com o técnico do clube, Julen Lopetegui, que também comandou os ‘dragões’.

“Há ano e meio comecei a ter conversas sobre a possibilidade de assinar com o Julen Lopetegui, com quem já tinha trabalhado, e também com o Oliver, que jogou comigo no FC Porto. Por isso, já há bastante tempo que queria vir para o Sevilha e estou muito feliz por ter acontecido”, afirmou Corona, durante a sua apresentação como reforço do emblema espanhol.

O internacional mexicano acrescentou que, desde essa altura, começou a seguir com mais atenção o percurso do Sevilha e destacou as seis conquistas da Liga Europa.

“É uma equipa muito forte e com história. Fui muito bem recebido e estou na equipa para deixar a minha marca e fazer história num dos melhores clubes europeus. Todos me têm dado confiança e vou retribuir com trabalho e dando o meu melhor”, disse o extremo de 29 anos.

Formado no Monterrey, Corona ingressou no Twente, dos Países Baixos, em 2013/14, tendo depois seguido para o FC Porto em 2015/16, clube que representou durante seis temporadas e meia.

O extremo já fez a sua estreia no Sevilha no último fim de semana, na derrota com o Bétis (2-1), em jogo da Taça do Rei.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.