O Celta de Vigo confia que muito em breve Franco Cervi será oficialmente apresentado como jogador do clube para a próxima época, apesar de os valores a pagar ao Benfica continuarem por acertar, numa 'novela' que já se estende desde o último mercado de inverno e que a imprensa espanhola já chegou a apelidar de "a transferência mais longa de sempre".

O jornal 'Marca' garante esta terça-feira que o extremo argentino do Benfica tem já acordo total com o clube de Vigo para as próximas temporadas e já deixou bem claro que quer mudar-se para a Galiza. A mesma publicação acrescenta que o novo treinador do Celta, Eduardo Coudet, deseja ter o jogador às suas ordens o mais depressa possível, considerando que este será uma peça valiosa na equipa, e terá sido ele a convencer em definitivo Cervi.

Porém, a posição inteansegente do Benfica esstá a atrasar a conclusão do negócio. É que, lembra a 'Marca', as 'águias' e o Celta chegaram a ter acordada a transferência por quatro milhões de euros de imediato mais dois por objectivos, mas o negócio não avançou na altura porque Jorge Jesús fez questão de segurar o jogador durante o surto de COVID-19 que afetou vários outros jogadores da equipa e, agora, o clube da Luz pretende mudar os moldes dos negócios. Para abrir mão de Cervi o Benfica pede agora oito milhões: seis milhões de imediato e dois por objetivos.

Franco Cervi, quatro vezes internacional pela Argentina, chegou ao Benfica no verão de 2016, vindo do Rosario Central, a troco de 5,7 milhões de euros. Desde então disputou 172 jogos de águia ao peito, marcando 21 golos e conquistando dois títulos de campeão nacional, uma Taça de Portugal e duas Supertaças. Contudo, na última época, sob as ordens de Jorge Jesus, foi titular em apenas nove partidas dos 'encarnados' e só somou 460 minutos na I Liga portuguesa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto