A Procuradoria Anticorrupção espanhola abriu diligências para investigar alegadas pressões aos árbitros para prejudicarem o FC Barcelona no clássico de sábado com o Real Madrid, da 12.ª jornada da Liga espanhola de futebol.

As alegadas pressões terão sido denunciadas por um árbitro assistente de primeira categoria, cuja identidade permanece no anonimato.

De acordo com fontes judiciais, a Procuradoria decidiu investigar a denúncia apresentada pelo árbitro através de um advogado e que levou o ministério público a solicitar à guarda civil que tomasse as diligências de investigação necessárias.

O árbitro apresentou a denúncia por escrito, dizendo que um vogal do Comité Técnico de Árbitros chamou um dos árbitros candidatos a dirigir o jogo e comunicou-lhe que deveria arbitrar de “determinada maneira”, para prejudicar o FC Barcelona.

De acordo com o mesmo árbitro, não é a primeira vez que um elemento da arbitragem recebe pressões deste tipo.

O FC Barcelona lidera o campeonato com 27 pontos, seguido de Real Madrid, com 24, e de Atlético Madrid, com 23.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.