Em Los Angeles, nos Estados Unidos, a ‘constelação’ anfitriã levou de vencida o primeiro jogo das ‘estrelas’ entre seleções das duas competições, num encontro que esteve interrompido devido a cânticos homofóbicos por parte dos adeptos.

O uruguaio Jonathan Rodríguez, que já passou pelo Benfica, deu vantagem à formação mexicana, aos 20 minutos, enquanto o defesa colombiano Jesús Murillo empatou para a norte-americana, aos 53, antes de Nani entrar em campo, aos 76.

No desempate através de grandes penalidades, o croata Damir Freilach, o húngaro Dániel Salloi e o mexicano Ricardo Pepi marcaram para as ‘estrelas’ da MLS, contra os ‘tiros’ certeiros de Rubens Sambueza e Luis Romo, para os mexicanos, enquanto o guarda-redes dos New England Revolution Matt Turner, que defendeu dois castigos máximos, foi eleito o homem do jogo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.