Em comunicado, a Associação de Futebol do Chile anunciou o “completo acordo” com o técnico e a equipa técnica que o acompanha, cuja apresentação está marcada para a próxima semana.

Para o presidente da federação, Pablo Milad, este é “um grande conhecedor” do futebol chileno, que chega “com vasta experiência nacional e internacional”.

Berizzo orientou o O’Higgins, no Chile, sagrando-se campeão nacional em 2013, além de ter passagens pelo Estudiantes, na Argentina, e por Espanha, no comando técnico de Celta de Vigo, Sevilha e Athletic de Bilbau.

O último trabalho tinha sido como selecionador do Paraguai, tendo sido demitido também por maus resultados, falhando o apuramento para o Mundial2022, como os chilenos.

A ‘roja’, que venceu a Copa América em 2015 e 2016, fechou no sétimo lugar o apuramento, com 19 pontos, o que levou à destituição de Martin Lasarte.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.