O Recreativo da Caála ganhou esta quinta-feira, por falta de comparência, no seu reduto, do Saurimo FC da Lunda Sul, com quem deveria jogar no prosseguimento da 6.ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão (Girabola 2018/2019).

A falta de comparência foi declarada pelo comissário da partida, José Sayamba, após o Recreativo da Caála e a equipa de arbitragem, liderada por Tânia Duarte, terem subido ao relvado na hora marcada para o jogo, 15h00.

De acordo com o comissário, dificuldades de deslocação do Saurimo para o Huambo estiveram na base da não comparência da equipa da Lunda Sul ao planalto central.

Adiantou que a equipa de arbitragem vai proceder o relatório do desafio e remeter ao órgão reitor do futebol angolano no sentido de se pronunciar de forma oficial, nas próximas 72 horas, sobre a decisão da partida, a julgar pelas razões apresentadas pelo Saurimo FC.

Já o vice-presidente do Recreativo da Caála, Eduardo Pindali, disse à imprensa que, apesar do sucedido construir um constrangimento em função dos gastos empreendidos para a realização do jogo, sobretudo, com a equipa de arbitragem, o seu clube está disposto a realizar a partida, caso a FAF decida remarcar para a outra ocasião.

Com este resultado administrativo, apesar de ainda não existir um pronunciamento oficial da FAF, o Recreativo da Caála soma sete pontos, enquanto o seu opositor de ocasião, mantém-se com quatro pontos.

Na próxima jornada, o Recreativo da Caála vai deslocar-se à Cabinda, para defrontar o Sporting local.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.