O jogador espanhol foi o grande herói da meia-final do jogo Portugal – Espanha ao marcar a grande penalidade que decidiu o encontro.

Fàbregas explicou que até era para marcar o segundo castigo máximo, em vez do quinto: «Disseram-me para ser o segundo a marcar, eu disse que queria ser o quinto porque tinha um pressentimento.  A vida deu-me outra oportunidade como esta. É incrível. Chegados aqui não interessa com que vamos jogar», referiu o atleta ao canal espanhol Telecinco.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.