O Núcleo de Árbitros de Futebol do Vale do Sousa (NAFVS) exigiu hoje que a Associação de Futebol do Porto e o seu Conselho de Arbitragem «desenvolvam as ações necessárias» para punir os agressores de um seu árbitro assistente.

Este núcleo reuniu-se hoje para abordar os incidentes verificados no final do jogo de domingo Sobrado-Atlético de Rio Tinto, que levou ao internamento do árbitro assistente Fernando Pinto, tendo fonte da GNR, contactada pela Agência Lusa, referido que o assistente foi agredido no final do jogo em Sobrado, Valongo, por alegados adeptos e responsáveis do clube da casa.

«O NAFVS mostra total solidariedade para com os nossos colegas e associados e exige que a Associação de Futebol do Porto e o seu Conselho de Arbitragem desenvolvam as ações necessárias no sentido de que os autores deste ato violento sejam punidos de forma exemplar, tanto a nível desportivo como criminal», pode ler-se no comunicado enviado à Agência Lusa.

Ainda de acordo com o NAFVS, a agravar a situação esteve o facto «de elementos e adeptos do CD Sobrado não permitirem que os árbitros agredidos e com lesões graves tivessem a possibilidade de serem assistidos medicamente no local, tendo obrigado a equipa médica a prestar a devida assistência fora da localidade».

Aquele núcleo apela a que, «a partir deste momento, sejam reforçadas e efetivamente cumpridas as medidas de segurança de todos os agentes desportivos, `maxime´ os árbitros, sob pena destes últimos não se mostrarem disponíveis para continuarem a exercer as suas funções».

O NAFVS informa ainda estar a tomar providências junto dos seus associados para que durante a presente época «se mostrem totalmente indisponíveis para dirigir qualquer jogo em que seja interveniente o CD Sobrado».

A atuação das forças de segurança no recinto desportivo foi igualmente visada pelo NAFVS, que considerou que estas não agiram «com a diligência e os deveres da profissão que exercem, principalmente quando tentaram descredibilizar os atos gravíssimos que sucederam».

Os incidentes ocorreram no final do encontro referente à 11.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão da Associação de Futebol do Porto (AFP), que terminou empatado 2-2 e em que o primeiro árbitro assistente, Fernando Pinto, foi alvo de agressões, tendo sido transportado pela ambulância do INEM para o Hospital de São João, no Porto.

O jogo entre o Sobrado (oitavo classificado da Série 2 da 1.ª Divisão, com 16 pontos) e o Atlético de Rio Tinto (15.º, com nove) registou ainda o arremesso de um petardo da bancada afeta aos adeptos da casa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.