A União Desportiva Messinense, do concelho de Silves (Algarve), suspendeu o futebol sénior por falta de financiamento e devido ao «desinteresse» competitivo do Campeonato Nacional da 3.ª divisão, disse hoje o presidente do clube.
«A decisão foi tomada face às alterações dos modelos competitivos, que preveem a extinção da 3.ª divisão, e que obrigará os clubes a fazerem maiores esforços financeiros», observou Luís Guia, presidente do clube algarvio.
A suspensão do futebol sénior de todas as provas nacionais e distritais, por tempo indeterminado, foi decidida em Assembleia-Geral.
De acordo com o dirigente, a suspensão do futebol sénior, a que estava destinado um orçamento de 90 mil euros por época, permitirá ao clube equilibrar as contas e reduzir o passivo que ronda atualmente os 200 mil euros.
«A crise financeira acentuou a dificuldade na angariação de patrocínios e os donativos e subsídios caíram abruptamente. A nossa receita está, na sua maioria, dependente do transporte escolar, mas é insuficiente para manter o futebol sénior», destacou Luís Guia.
«Apesar do futebol ter sido sempre a modalidade rainha, a decisão foi difícil mas ponderada e consciente para manter a estabilidade e sustentabilidade do clube, ao evitar o aumento do passivo e o incumprimento dos compromissos», sublinhou.
Luís Guia assegurou que o clube irá manter e «reforçar o futebol juvenil em todos os escalões de formação, num total de cerca de 200 jovens».
O dirigente considerou que a suspensão do futebol sénior «não representa um passo atrás na história do clube, mas sim o reforço de bases que levará a um salto qualitativo para o futuro».
Luís Guia disse aguardar que «o período não seja muito longo» e prevê que o Messinense possa retomar o projeto do futebol sénior «a curto prazo e à medida das suas capacidades«.
Fundada a 06 de outubro de 1975, a União Desportiva Messinense tem dividido a competitividade do futebol sénior pelos campeonatos nacionais, regionais e distritais, tendo atingido o ponto mais alto da sua história na época 2006/2007 com a subida à 2.ª Divisão, integrando a Série D.
A União Desportiva Messinense estava integrada no Campeonato Nacional da 3.ª Divisão, ao qual ascendeu na temporada 2009/2010.
Com cerca de 1.200 sócios, além do futebol, o clube tem outras modalidades, como a aeróbica e o cicloturismo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.