O Hertha de Berlim deu hoje um passo importante rumo à manutenção na I Liga alemã de futebol, ao vencer o Schalke 04, em Gelsenkirchen, por 2-1, no fecho da 32ª jornada, a duas do final da prova.

O Shalke 04, último classificado da Bundesliga, cuja despromoção ficou traçada à 30.ª jornada, quando perdeu em casa por 1-0 com o Arminia Bielefeld, até se adiantou no marcador logo aos seis minutos, pelo médio marroquino Harit Amine, mas o Hertha restabeleceu o empate ao minuto 19, pelo central belga Dedryck Boyata.

O golo do triunfo da equipa de Berlim surgiu apenas aos 74 minutos, por intermédio do avançado alemão Jessic Ngankam, de 20 anos, mas valeu três preciosos pontos que podem ser decisivos para a manutenção do Hertha quando faltam cumprir duas jornadas.

O internacional português Gonçalo Paciência foi lançado em campo pelo treinador do Schalke, o grego Dimitrios Grammozis, aos 90 minutos, a render o central Timo Becker.

Com os três pontos somados, o Hertha subiu ao 13.º lugar, com 34 pontos, mais três do que o Arminia Bielefeld, que é a primeira equipa em zona de despromoção, em 16º lugar, que dá acesso a um ‘play-off’ com o terceiro classificado da II Liga, enquanto o Schalke continua em último, com 13 pontos.

O Bayern Munique, já campeão, lidera com 74 pontos, seguido do Leipzig, com 64, do Wolfsburgo, com 60, e do Borússia Dortmund, com 58.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.