O treinador português Pedro Gonçalves vai continuar no comando técnico da seleção angolana de futebol, confirmou hoje o presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur Almeida e Silva.

Em conferência de imprensa, em Luanda, Artur Almeida e Silva assegurou a continuidade do técnico luso, de 45 anos, como selecionador dos ‘Palancas Negras’, após ter terminado contrato com a FAF em novembro último.

“A continuidade do técnico é um facto. O projeto que temos é de uma seleção para o futuro e o treinador é o Pedro Gonçalves. Neste momento, estamos a acertar os aspetos contratuais e, em janeiro, vamos confirmá-lo. Será um contrato por objetivos. Neste momento, temos vários jogadores catalogados a nível nacional e internacional” disse o dirigente.

Por sua vez, Pedro Gonçalves assumiu a ambição de potenciar jogadores angolanos.

“O que pensamos é um processo e o que ambicionamos é potenciar os valores que Angola possui”, referiu.

Em novembro, Pedro Gonçalves ponderou abandonar a seleção angolana de futebol, devido a sete meses de salários em atraso, e lembrou também os problemas administrativos e financeiros que a FAF enfrenta.

Angola falhou o apuramento para a terceira fase de qualificação africana para o Mundial2022, ao terminar em quarto lugar do Grupo F, com cinco pontos, menos nove do que o Egito, comandado por Carlos Queiroz.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.