Simon Jordan, antigo dono do Crystal Palace e agora comentador na rádio talkSPORT, falou sobre a possibilidade de renovação de contrato de Bruno Fernandes no Manchester United.

“Estou desiludido com o Bruno. Houve uma altura em que ele foi talismã para a equipa mas foi sol de pouca dura. Não entendo porque é que estão a renovar contratos sem saberem quem será o próximo treinador e com que jogadores esse treinador vai contar. O Bruno Fernandes tem três anos de contrato e o desempenho dele e de toda a equipa não merece ser recompensado. Todos, ele incluído, deviam era levar com um taco de críquete na cabeça para acordarem para a vida e perceberem o que têm de fazer pelo clube”, disse Simon Jordan, comentando ainda a possibilidade de Bruno Fernandes triplicar o salário que aufere atualmente, passando a receber perto de 15 milhões de euros por ano.

“Não consigo tirar da cabeça a imagem do jogo dele contra o Watford, em que fez uma exibição fraquíssima. O Bruno Fernandes não é um líder, não trabalha sem bola, não recua. É um jogador luxuoso e o Manchester United precisa de jogadores mais comprometidos. Ele representa alguns aspetos que explicam o porquê de a equipa não funcionar como coletivo”, continuou o empresário.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.