A tenista japonesa Naomi Osaka, de 22 anos, foi em 2019 a desportista mais bem paga com receitas na ordem dos 34,3 milhões de euros, destronando Serena Williams, que tinha liderado a tabela da Forbes nos últimos quatro anos.

Segundo os dados revelados hoje pela revista Forbes, desde 2016 que não figuravam duas mulheres numa mesma lista de 100 atletas mais bem pagos do mundo, com Osaka, vencedora de dois torneios ‘Grand Slam', em 29.º lugar no global, quatro postos à frente da também tenista Williams.

O valor é ainda uma receita recorde para o desporto feminino, com as duas atletas a ficarem acima dos 29,7 milhões de dólares (27,3 milhões de euros, em câmbio atual) que a também tenista Maria Sharapova, da Rússia, arrecadou em 2015.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.