Euclides Gomes Vaz, mais conhecido por Bebé, de 39 anos, que recentemente encerrou a carreira, vai passar a integrar as equipas técnicas das seleções nacionais de futsal masculino, tendo como grande foco o treino de guarda-redes.

“Quero muito ajudar os jovens jogadores a crescer, principalmente os guarda-redes. É um orgulho muito grande pertencer a esta equipa técnica tão qualificada e competente, onde vou aprender muito e também quero acrescentar mais-valias”, disse Bebé.

Rute Carvalho, de 33 anos, antiga treinadora do GD Chaves, entre outros emblemas, incorpora o lote de treinadores nacionais que acompanham as seleções de fustal feminino.

“Sei que estou no topo e agora tenho a responsabilidade de me manter num nível elevado, mostrando competência e trabalho. Os meus objetivos passam por poder contribuir com o meu trabalho para a melhoria contínua das seleções nacionais de futsal”, adiantou Rute Carvalho.

Ainda no futsal, refere a FPF, “Arnaldo Pereira foi convidado a ser embaixador do Projeto Fundamentos, onde o seu exemplo e experiência acumulada ao longo de décadas na modalidade, e de mais de 200 internacionalizações AA, farão a diferença”.

Quando ao futebol de praia, Ana Lúcia Correia, de 39 anos, vai integrar a equipa técnica de Alan na seleção nacional feminina. A antiga jogadora vai ser assistente do selecionador nacional, tendo ainda o treino das guarda-redes como foco.

“Estou numa casa que acolheu, e acolhe ainda, alguns dos nomes mais importantes da história do futebol de praia, entre jogadores e treinadores. Poder crescer e aprender com eles e ajudar na vertente feminina com a experiência que tenho vindo a adquirir, são alguns dos objetivos”, referiu Ana Correia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.