Os Utah Jazz apuraram-se na quinta-feira para os ‘play-offs' da Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA), mesmo sem jogar, ao beneficiarem da derrota dos Sacramento Kings no terreno dos New Orleans Pelicans, por 121-118.

Com um registo de 45 triunfos e 30 desaires, a formação de Salt Lake City, que recebe no sábado os Washington Wizards, está na quinta posição da Conferência Oeste e já tem um lugar assegurado na fase decisiva da competição, tal como os bicampeões Golden State Warriors, Denver Nuggets, Portland Trail Blazers, Houston Rockets e Los Angeles Clippers, quando faltam menos de dez encontros para o fim da temporada regular.

Algumas horas antes, Dwyane Wade e Dirk Nowitzki defrontaram-se pela última vez na NBA, num encontro que culminou com a vitória dos Miami Heat sobre os Dallas Mavericks, por 105-99, que permitiu ao conjunto do estado da Florida regressar ao oitavo posto da Conferência Este, o último de qualificação para os ‘play-offs'.

Nas últimas duas décadas, o base norte-americano, de 37 anos, e o extremo alemão, de 40 anos, construíram uma das rivalidades mais emblemáticas da prova, cujo auge foi atingido nas finais de 2006 (triunfo dos Heat por 4-2) e 2011 (vitória dos Mavericks por 4-2).

Entre os restantes jogos, destacou-se ainda o tributo a Manu Ginóbili por parte dos San Antonio Spurs, que retiraram o número 20 em homenagem ao antigo basquetebolista argentino, antes de baterem os Cleveland Cavaliers, por 116-110.

Ginóbili, de 41 anos, retirou-se no verão depois de uma carreira de 23 épocas, 16 no emblema texano, durante a qual venceu quatro títulos e formou o ‘Big Three' com o francês Anthony Parker e o norte-americano Tim Duncan, que marcou os anos dourados dos Spurs.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.