O número de infetados e de mortos pelo COVID-19 nos Estados Unidos da América não para de aumentar e as cidades em todo o país têm vindo a tomar medidas de combate contra a pandemia.

Por todo o país e de forma a evitar aglomerados de pessoas, as autoridades têm optado por encerrar parques infantis e desportivos.

Isso levou a que o basquetebol, desporto rei em alguma cidades americanas, saisse das ruas, com os cestos espalhados por todo o país a serem tapados, a verem as redes presas ou a serem mesmo removidos pelas autoridades.

Em declarações ao jornal 'USA Today', Mitchell Silver, comissário para os parques de Nova Iorque , afirmou que a cidade "é uma cidade de basquetebol".

"Nova Iorque é orgulhosamente uma cidade do basquetebol e nunca retiraríamos cestos a menos que fosse absolutamente necessário. (...) a cidade pediu aos nova-iorquinos para usar o senso comum e cumprir o distanciamento social. Uma vez que as pessoas continuavam a não cumprir as recomendações, removemos cestos de 138 locais pela cidade e continuaremos a faze-lo enquanto for necessário", disse.

Uma medida que se prolongou a várias outras cidades de outros estados como a Califórnia ou Massachusetts.

Os Estados Unidos da América têm 215.344 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus. Mais de cinco mil pessoas já perderam a vida.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.