O extremo grego Giannis Antetokounmpo, dos Milwaukee Bucks, foi eleito pela segunda temporada consecutiva o jogador mais valioso (MVP) da liga norte-americana de basquetebol (NBA), anunciou hoje o organismo.

Esta eleição, feita por um painel de jornalistas e de meios de comunicação, torna Antetokounmpo como o primeiro europeu a conquistar mais do que uma vez o prémio MVP.

O grego é também o 12.º jogador a receber em dois anos consecutivos o mais importante galardão individual, depois de uma temporada - foram considerados os encontros até à interrupção pela covid-19 em março - em que terminou com médias de 29,6 pontos, 13,7 ressaltos e 5,8 assistências.

Na votação, Antetokounmpo conseguiu 962 pontos, à frente de LeBron James (753), dos Los Angeles Lakers, de James Harden (367), dos Houston Rockets, Luka Dončić (200), dos Dallas Mavericks, e Kawhi Leonard (168), dos Los Aangeles Clippers.

O 'greek freak' já tinha sido eleito o melhor jogador defensivo da temporada, juntando os dois galardões, algo que só tinha sido conseguido por Michael Jordan (1987-88) e Hakeem Olajuwon (1993-94).

Antetokounmpo, de 25 anos, é também apenas o terceiro basquetebolista a conseguir mais do que um troféu MVP com 25 anos ou menos, repetindo imitando Kareem Abdul-Jabbar e LeBron James.

Contudo, apesar de ter sido eleito MVP, a temporada de Antetokounmpo acabou mais cedo do que o esperado, uma vez que os Bucks, que tinham o melhor registo da fase regular, caíram nas meias-finais da Conferência Este, frente aos Miami Heat.

Além dos dois prémios ganhos por Antetokounmpo, tambem Nick Nurse (treinador do ano), Ja Morant ('rookie'), Montrezl Harrell (sexto homem) e Brandon Ingram (jogador que mais evoluiu) foram premiados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.