A Supertaça Europeia disputa-se no próximo dia 24 de setembro, entre Bayern de Munique e Sevilha. A partida realizada em Budapeste, Hungria vai opor o vencedor da Liga dos Campeões e da Liga Europa, que vão lutar pela conquista do primeiro troféu europeu da época com uma bola muito especial.

A UEFA lançou o desafio a crianças por toda a Europa para ajudarem a decorar a bola utilizada na Supertaça com 18 desenhos, numa iniciativa organizada pela Federação das Crianças da UEFA (UEFA Foundation for Children) juntamente com 10 associações parceiras.

Mais de 200 desenhos chegaram aos escritórios da organização e os 18 foram selecionados pelo presidente da fundação e também presidente da UEFA, Alexander Ceferin, que espera que esta iniciativa dê motivação a estas crianças para seguirem os seus sonhos.

"Tenho a certeza que as crianças vão ficar muito entusiasmadas por verem os seus desenhos na bola da Supertaça Europeia e por saberem que as estrelas do futebol vão marcar golos com ela. Foi inspirador ver todos estes excelentes desenhos e ouvir as histórias destas crianças. Espero que a felicidade que sentem ao verem os seus desenhos na bola de um jogo tão importante sirva para os motivar não só a jogar futebol, mas a seguirem os seus sonhos", disse, numa note publicada no site da UEFA.

A bola vai contar com desenhos de crianças da República Checa, Alemanha, Hungria, Lituania, Holanda, Eslovénia, Espanha, Suiça e... Portugal. Sara, uma menina que faz parte da associação "Brincar de Rua Ludotempo", em Leiria, vai ver o seu desenho na bola de jogo, no próximo dia 24.

Em declarações divulgadas pela UEFA e pela Federação Portuguesa de Futebol, Sara explicou a ideia por de trás do desenho escolhido pela organização: amizade e união.

"A minha atividade preferida é jogar futebol com os meus amigos. Para mim o futebol é amizade e união. Tentei mostrar isso com o meu desenho. É um campo de futebol com corações e raparigas a darem as mãos", explicou.

Além da bola, o Bayern de Munique - Sevilha conta com outros motivos de interesse para lá do jogo: a partida será usada pela UEFA como teste para o regresso dos adeptos aos estádios. O Estádio Puskas terá um número reduzido de espetadores até 30% da capacidade total do recinto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.