A SAD leonina não gostou que tivessem suscitado dúvidas quando à capacidade do Sporting em cumprir o estipulado em relação ao pagamento do dianteiro Andraz Sporar.

Ora foi Ivan Kmotrik, diretor-geral do Slovan Batislava, clube de origem do atacante esloveno, que colocou em casa, capacidade dos verdes e brancos em garantirem os seis milhões de euros, valor acordado para a transferência.

Ora, de acordo com o jornal O Jogo, os leões não gostaram das críticas e não pretendem comentar as afirmações do dirigente do clube esloveno.

A referida fonte, confirma que o Sporting terá liquidez para honrar o acordo e proceder ao próximo pagamento que terá lugar no mês de junho.

Por parte do clube de Alvalade, essa pressão de Kmotrik já não é um assunto novo, isto depois do mesmo dirigente ainda falar ter falado do interesse de outros emblemas quando a transferência do atacante para o Sporting já estava encaminhada.

Veja o que disse Kmotrik: "Até ao momento recebemos apenas 950 mil euros por parte do Sporting. O montante da transferência foi fixado nos seis milhões de euros. E sinceramente estou preocupado com o impacto da crise e se o Sporting será capaz de cumprir as suas obrigações", referiu em declarações ao jornal SME.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.