Numa entrevista à nova plataforma do Benfica, o 'BenficaPlay', João Félix recordou um dos momentos mais difíceis da carreira, que aconteceu dias antes da partida das 'águias' frente ao Eintracht Frankfurt, nos quartos-de-final da Liga Europa. Os 'encarnados' sairam vitoriosos por 4-2 com hat-trick do jovem jogador.

"No terceiro golo chorei, tirei todo um peso de mim. Dois dias antes, no balneário, ouvi bocas que me deixaram em baixo e fui para a casa de banho chorar. Ninguém soube disto, mas depois fiz o hat-trick, libertei tudo e não fiz mais nada no jogo, só pensava naquilo", contou João Félix.

Ora, na antevisão do jogo com o Desportivo das Aves, da 16.ª jornada da I Liga, Bruno Lage foi questionado sobre este episódio ocorrido na época passada.

"Não tive conhecimento desse episódio. Vi sempre o João a ser acarinhado pelos colegas. Pode acontecer um momento ou outro em jeito de brincadeira e nem toda a gente aceita da mesma forma. Recordo sim a pressão antes do jogo: disse-lhe que tinha de marcar dez golos e só marcou três, Ficou-me a dever sete", respondeu o técnico do Benfica.

Sobre o jogo com o Aves, Lage recordou que a formação de Nuno Manta Santos venceu o Braga recentemente, pelo que há ter cuidados, apesar do último lugar na tabela da I Liga.

"O Aves mudou de treinador recentemente. Venceu o Braga e fez um jogo ainda melhor contra o Vitória de Setúbal, apesar de ter perdido. É uma equipa que acredito que esteja em evolução e requer cuidado da nossa parte. Queremos fazer um grande jogo e vencer. Do outro lado está uma equipa que tem de conquistar pontos rapidamente e isso é muito perigoso", alertou.

O Benfica-Desportivo das Aves, da 16.ª jornada da I Liga, está marcado para às 19h00 desta sexta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.