Jorge Jesus analisou em declarações à Benfica TV o empate frente ao Nacional.

Análise

"Perdemos dois pontos. Nos primeiros 30 minutos estivemos bem, marcámos dois golos, um deles não contou. A equipa teve alguma qualidade durante o jogo. O Nacional foi uma equipa que rematou uma vez à baliza e marcou, mas o futebol é isto. Estivemos perfeitos defensivamente, não deixámos o Nacional ter situações de golo, mas não matámos o jogo e o futebol é cruel. A inexperiência paga-se caro. No entanto, os jogadores tiveram compromisso, lutaram, correram, e fizeram tudo para ganhar. Não conseguimos e estamos tristes. O Nacional defendeu-se bem e os nossos avançados não conseguiram criar muito espaço. O Darwin hoje não esteve cá, anda com um problema e ressentiu-se durante a semana e hoje também. Fizemos o que podíamos, mexemos o que tínhamos de mexer, mas não deu para ganhar. E foi pena, depois de uma semana muito complicada, não termos saído daqui com a vitória. Isso ajudava ao que está a acontecer."

Lance de penalti não assinalado?

"Já vi o lance e é nitidamente penálti. O jogador tira a bola com a mão. Não há nenhum penálti marcado a favor do Benfica no campeonato. Não temos nenhum. Mas não me quero desculpar com isso. Jogámos o suficiente para termos ganho, criámos oportunidades, e não podíamos ter sofrido um golo como sofremos."

Ausências condicionaram

"Temos jogadores com os problemas que todos sabemos. E a covid-19 não deixa apenas o jogador dez dias em casa. Deixa-o parado e depois com dificuldade de voltar à forma. Mas os que jogaram hoje fizeram tudo para ganhar o jogo, tiveram momentos de muita qualidade. Mas é claro que a equipa não é muito experiente, há alguma juventude e a nossa equipa treme em momentos decisivos. Temos sido penalizados nisso."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.