Líder isolado da classificação e a atravessar uma impressionante série de vitórias na I Liga, o FC Porto recebe este domingo, a partir das 20h30, no Estádio do Dragão, em jogo da Jornada 20 da I Liga, um Marírimo que também passa por um momento positivo.

Com os mais diretos perseguidores - Sporting e Benfica - a entrarem em campo nesta ronda apenas na quarta-feira, os vice-campeões nacionais vão procurar aumentar ainda mais a vantagem que já levam no topo da tabela e colocar pressão sobre esses rivais.

Para tal, porém, o FC Porto terá de levar a melhor sobre um Marítimo que desde a chegada de Vasco Seabra ao leme da equipa ainda só perdeu uma vez, que foi uma das poucas equipas a conseguir roubar-lhe pontos nesta temporada e que na época passada surpreendeu ao vencer no terreno dos dragões, sendo mesmo a última equipa a lograr tal feito a nível interno.

Histórico de encontros

Efetivamente, essa vitória por 3-2 lograda pelos madeirenses à 3.ª jornada da última temporada (graças a um bis de Rodrinho Pinho e um golo de Nanu, com Pepe e Otávio a responderem para os azuis e brancos) foi a primeira e única que o Marítimo logrou até à data no terreno do FC Porto em jogos para a I Liga, tendo somado 38 derrotas e dois empates nos restantes 40 jogos.

Antes dessa vitória, o Marítimo levava uma série de 11 derrotas consecutivas em visitas ao Estádio do Dragão para a I Liga (embora pelo meio tenha aí logrado outro triunfo, por 3-1, para a Taça da Liga, em 2015/16).

Ao todo, contabilizando os encontros para todas as competições em qualquer palco, FC Porto e Marítimo já se encontraram por 100 vezes e o FC Porto venceu 68, tendo perdido 14 (registaram-se 18 empates). A diferença de golos também é, como seria de esperar, amplamente favorável aos dragões: 184 golos marcados, 78 sofridos.

Momento de forma

O FC Porto atravessa uma série de resultados impressionante: vem de nove vitórias nos últimos nove jogos no conjunto de todas as competições e a nível interno ganhou os últimos 14 jogos que disputou. Na I Liga o FC Porto não perde desde outubro de 2020, quando foi batido pelo Paços de Ferreira e no Estádio do Dragão não perde para a prova precisamente desde o tal jogo com o Marítimo, também em outubro desse ano.

Quanto ao Marítimo, não teve um bom início de temporada sob as ordens de Julio Velásquez. O treinador espanhol, contudo, saiu em finais de novembro para dar o lugar a Vasco Seabra e, desde então, o Marítimo só perdeu um dos oito jogos que disputou (quando foi goleado por 7-1 no Estádio da Luz pelo Benfica).

A formação madeirense vem de quatro jogos sem perder (três vitórias e um empate) e ganhou quatro dos últimos seis jogos que disputou. Fora de casa vem de duas vitórias, uma delas no terreno do SC Braga.

O que dizem os treinadores

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto: Por se encontrar ainda a cumprir castigo, o técnico dos azuis e brancos não fez a habitual conferência de imprensa de antevisão ao encontro

Vasco Seabra, treinador do Marítimo: "Vamos defrontar um adversário difícil e queremos ser também um adversário difícil. Sabemos que vamos ter de sofrer e lutar muito, mas essencialmente temos de manter aquilo que é a nossa identidade. A classificação não mente. O FC Porto tem estado muito bem, com muita dinâmica coletiva, qualidade individual associada também a uma ideia de jogo que tem crescido. A exigência do treinador e a forma como lidera o próprio processo do jogo".

O árbitro

Fábio Melo, árbitro da Associação de Futebol do Porto, foi o escolhido pelo Conselho de Arbitragem da FPF para dirigir o encontro. A auxiliá-lo terá como assistentes Sérgio Jesus e André Dias e como 4.º árbitro Carlos Macedo. No VAR estará Bruno Esteves, com André Campos como AVAR.

Será a primeira vez que o jovem árbitro de 31 anos vai dirigir um encontro quer do FC Porto, quer do Marítimo na sua carreira.

FC Porto e Marítimo vão entrar em campo no Estádio do Dragão a partir das 20h30 deste domingo. Poderá seguir aqui, AO MINUTO, todas as incidências do encontro e ver os vídeos com os principais lances da partida à medida que estes se forem sucedendo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.