Já ninguém se surpreende! O Villarreal voltou a fazer das suas Champions e bateu o Bayern Munique por 1-0, na primeira-mão dos quartos de final da Liga dos Campeões. Os espanhóis podiam ter construído um resultado histórico mas foram perdulários. Os bávaros terão de suar muito para seguir em frente.

Numa eliminatória que se julgava mais ou menos fácil para o Bayern Munique, o Villarreal fez questão de mostrar que não seria bem assim. A forma como afastou a Juventus nos quartos de final devia servir de aviso, já que este 'Submarino Amarelo' parece talhado para estes embates diante dos gigantes.

A jogar em casa, o Villarreal marcou muito cedo, logo aos oito minutos. Danjuma aproveitou um remate de Dani Parejo que parecia ir para fora para desviar a bola do seu percurso e enganar Manuel Neuer.

Com dificuldades para furar a defensiva espanhola, o Bayern Munique via o tempo a passar e não encontrava soluções para bater Geronimo Rulli.

A equipa de Unai Emery podia ter ido para o intervalo a vencer por 2-0 mas o golaço de Coquelin foi anulado. Aos 42 minutos, o francês fez um centro/remate desde perto da linha de fundo que traiu Manuel Neuer. No entanto, Coquelin estava ligeiramente adiantado.

O Bayern Munique voltou para o segundo tempo decidido a dar a volta ao texto. Thomas Mueller teve nos pés o 1-1 aos 49 após centro/remate de Gnabry mas falhou a bola de forma incrível. Resposta imediata do Submarino Amarelo, com Moreno a ver o poste negar-lhe o 2-0, aos 52 minutos. Grande pontapé do avançado, de pé esquerdo, de fora da área. Neuer nada podia fazer.

Aos 61 minutos, Manuel Neuer resolveu borrar a pintura mas acabou por ter sorte. A meio do meio campo defensivo, o guardião bávaro ofereceu a bola a Moreno, o avançado rematou de pronto do meio-campo mas a bola saiu ligeiramente ao lado. Seria um golaço e um erro colossal de Neuer.

O Bayern Munique carregava sobre a defensiva do Villarreal, os homens de Emery respondiam em contra-ataque. Aos 67, Danjuma podia ter bisado no encontro mas o seu remate não levou o rumo certo.

Nova ocasião do Villarreal aos 86 minutos por Pedrazza (entrou o segundo tempo) mas o médio esquerdo, solto na área, disparou ao lado. Mais uma oportunidade perdida.

O Villarreal vence por 1-0 nesta primeira-mão dos quartos de final, num jogo onde podia ter batido o colosso Bayern Munique por mais.

O Bayern Munique voltou a não dar-se bem com os ares de Espanha. Os bávaros perderam 16 dos 31 jogos realizados em solo espanhol.

Esta é a primeira derrota do Bayern Munique esta época na Champions. Os campeões alemães voltaram a ficar em branco na prova, 31 jogos depois. O último jogo em que não tinham marcado na Champions foi em 2019 (0-0) diante do Liverpool.

Os campeões alemães terão de fazer muito mais em casa para 'afundar' este Submarino Amarelo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.