Héctor Herrera não podia ter pedido melhor estreia em jogos oficiais do Atlético Madrid. O mexicano marcou, de cabeça, o golo do empate dos 'colchoneros' diante da Juventus (2-2), em jogo da primeira jornada da Liga dos Campeões, e no final da partida não escondeu a satisfação.

"Nunca imaginei uma estreia assim. Não tinha participado no início do campeonato e somar minutos na Champions é sempre um sonho e, entrar assim com um golo, é a melhor sensação que um jogador pode ter. Estou muito feliz por poder ajudar a equipa com este empate que pode vir a ser muito importante", disse o antigo jogador do FC Porto à TVI.

Herrera, que saltou do banco aos 76 minutos, já depois de o Atlético reduzir para 1-2, revelou o que Diego Simeone lhe disse antes de entrar em campo.

"Quando estava para entrar, disse-me que ir para a área, para jogar o que sei jogar e, se tivesse oportunidade, para rematar à baliza. Ele sempre me disse que eu rematava bem fora da área. Esteve sempre a mandar-me para dentro da área, eu estava fora à espera de uma bola, mas ele insistiu para ir lá para dentro. Acabou por correr bem, foi uma surpresa incrível", exultou.

O mexicano afirmou ainda que se dá "muito bem" com João Félix, antigo rival em Portugal e agora companheiro de equipa: "A rivalidade que existia entre nós em Portugal era natural, sendo os dois maiores clubes de Portugal, tinha de existir. Aqui estamos noutra etapa das nossas carreiras, agora que somos companheiros, a relação é perfeita. Estamos sempre juntos, com o Felipe, porque falamos todos português. Entre nós tem sido uma relação muito boa."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.