A Liga russa de futebol anunciou que todos os jogos que se disputam em Moscovo terão, de hoje até 10 de abril, um máximo de 5.000 espetadores nos estádios a fim de evitar a propagação do Covid-19.

“Será permitido o acesso aos recintos dos jogos até 5.000 pessoas, incluindo neste número as equipas, os adeptos, membros dos serviços de fiscalização e de segurança”, informou a Liga russa em comunicado.

A decisão do organismo organizador do futebol russo vem ao encontro da que tinha sido tomada pelo município de Moscovo, que determinou que todos os atos sociais e desportivos na cidade não poderão reunir mais de 5.000 pessoas.

Estão previstos para Moscovo cinco jogos nas próximas quatro semanas, o CSKA-Ufa, o Lokomotiv-Orenburg, o CSKA-Zenit, o Dínamo-CSKA e o Spartak-Ufa.

Em relação a outros desportos, a equipa de basquetebol do CSKA Moscovo também acatará a decisão e irá receber esta quinta-feira os alemães do Alba Berlim, em jogo da Euroliga no pavilhão Megasport, com a presença de menos de 5.000 espetadores.

A pandemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.300 mortos em 28 países e territórios.

O número de infetados ultrapassou as 120 mil pessoas, com casos registados em 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 59 casos confirmados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.