O suíço Roger Federer, terceiro do ‘ranking’ mundial de ténis, anunciou hoje a sua ausência do torneio Masters 1.000 de Paris, que decorre até domingo na capital francesa, para se “poupar”.

“Estou extremamente dececionado por ter de me retirar do Masters de Paris, mas tenho de me poupar, porque quero jogar o máximo possível no ATP Tour”, disse Federer, de 38 anos, no dia seguinte à sua 10.ª conquista do torneio de Basileia.

O tenista pediu ainda desculpa aos adeptos franceses, com a promessa de que os vai reencontrar no próximo ano em Roland Garros.

“Estou obviamente desapontado com esta desistência [de Roger Federer] e especialmente pelo público”, comentou o diretor do torneio, Guy Forget, salientando que a edição de 2019 irá ser “emocionante” e “cheia de desafios”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.