Romain Grosjean deverá ter alta hospitalar na terça-feira, depois do violento acidente no Grande Prémio do Bahrain de Fórmula 1, no domingo. Logo na primeira volta do GP Bahrain, a 15.ª e antepenúltima corrida da temporada, o carro do piloto francês tocou no Alpha Tauri do russo Daniil Kvyat e foi embater nas barreiras logo após a terceira curva, partindo-se em dois. O combustível incendiou-se e envolveu o Haas numa bola de fogo.

Grosjean conseguiu sair do habitáculo pelos próprios meios, 28 segundos após o acidente, mas, de acordo com o boletim divulgado pela equipa, sofreu ligeiras queimaduras nos pulsos e tornozelos, sendo transportado a um hospital local por haver suspeita de fratura de algumas costelas.

Esta segunda-feira, Marion Grosjean, mulher do piloto francês, deixou-lhe uma mensagem emotiva nas redes sociais e sublinhou que o piloto salvou-se graças a "um escudo de amor" dos seus filhos.

"Obrigada aos nossos filhos que o salvaram naquele incêndio. Obrigada à sua coragem, a sua força, o seu amor, o seu treino físico que provavelmente também o manteve com vida (Kim, Dan, amo-vos). Não foi preciso um milagre, foram precisos vários ontem", começou por escrever na redes social Instagram.

"Obviamente, que não dormi esta noite e nem sei se devia escrever, mas sei que escrever sempre me ajudou. Esta manhã, não vou mentir, as palavras não saem facilmente. Romain vai rir-se de certeza, ele que sabe a faladora que sou. Ele, a quem eu escrevo tanto. Nem sabia que foto publicar. Que imagem guardar de ontem? A das chamas? A que os socorristas lhe seguram as mãos? O resto do seu carro? Pus esta. É algo estúpida porque ambos temos a mesma camisola do título de GP2 com a qual eu durmo às vezes. Preferia que tivesse a palavra 'super-herói' em vez de 'campeão', mas se for preciso faremos outra com outra mensagem. Para as crianças, porque assim explicamos o inexplicável", escreveu a jornalista.

Marion Grosjean agradeceu depois a pronta intervenção do carro médico que chegou ao francês em pouco tempo.

"No Twitter mencionei as palavras úteis, urgentes, para os proteger acima de tudo. Mencionei o 'escudo de amor' que o protegeu. Hoje há que procurar outras fórmulas, inventar outras frases sensíveis. Vamos encontrá-las juntos. Agradecer aos homens do carro médico. Uma palavra de amizade a Jean Todt e à sua humanidade inesgotável. Agradecimento a todos vocês, que mostraram um apoio, afeto e uma amabilidade que gostámos muito. Obrigada à família de Jules Bianchi e ao seu pai Philippe, em quem continuo a pensar. Ao próprio Jules. A Kevin Magnussen pelas suas palavras. Às equipas do Canal + pela sua delicadeza. Devo esquecer-me de alguém, mas desculpem-me", completou.

Em comunicado, a Hass informou que Grosjean "prossegue a recuperação no hospital no Barhain, onde passou a noite", acrescentando que "o tratamento das queimaduras nas costas das mãos está a correr bem". A escuderia norte-americana informou que o piloto recebeu a visita do chefe da equipa, Guenther Steiner, e vai ter alta na terça-feira.

A Haas também adiantou que Grosjean vai falhar o Grande Prémio de Abu Dhabi e será substituído pelo brasileiro Pietro Fittipaldi, que vai fazer a sua estreia na Fórmula 1.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.