O piloto espanhol Marc Márquez (Honda) recebeu hoje alta 10 dias após ter sido operado pela terceira vez a uma fratura no braço direito, na sequência de uma queda na primeira prova da temporada 2020 de MotoGP.

Esta terceira intervenção cirúrgica detetou uma infeção no osso na zona da fratura, pelo que foi preciso submeter-se a um tratamento com antibióticos antes de abandonar o hospital onde estava internado desde o passado dia 03 de dezembro, em Madrid.

"O piloto da equipa Repsol Honda recebeu alta do hospital Ruber Internacional para continuar a sua recuperação em casa, onde continuará a fazer tratamento com antibiótico específico", explicou a equipa do piloto catalão, em comunicado.

Márquez perdeu este ano o título mundial de MotoGP, que já conquistou por seis vezes, depois de uma queda sofrida na prova de abertura, em Jerez de la Frontera, o afastar das restantes provas do campeonato, que teve a 14.ª e última prova no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, ganha pelo português Miguel Oliveira (KTM).

O espanhol Joan Mir (Suzuki) sagrou-se campeão pela primeira vez na sua carreira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.