Aquele que é considerado o melhor basquetebolista da história, que também já detém a equipa da NBA Charlotte Hornets, é o principal proprietário da viatura, tendo como sócio minoritário o piloto Denny Hamlin, que vai alinhar na prova com o carro n.º 11, da equipa Joe Gibbs Racing.

"Ao crescer na Carolina do Norte, os meus pais levavam os meus irmãos, irmãs e a mim às corridas, e fui um fanático da NASCAR toda a vida. A oportunidade de ser dono da minha própria equipa, em sociedade com o meu amigo Denny Hamlin e ter Bubba Wallace como piloto, é muito emocionante para mim”, escreveu Jordan, nas redes sociais.

Bubba Wallace, de 26 anos, vai assumir a condução do carro da antiga estrela dos Chicago Bulls, depois de ter anunciado, no início do mês que iria deixar Richard Petty Motorsports após a temporada de 2020.

O único piloto negro da competição e um dos principais impulsionadores da luta antirracismo, que tem como melhores resultados o ‘top-10’ em cinco corridas, agradeceu o convite.

“Esta é uma oportunidade única, única na vida, que creio que se encaixa muito bem neste momento da minha carreira. Estou grato e honrado que acreditem em mim e estou muito entusiasmado para começar esta aventura com eles”, referiu Bubba Wallace, atual 23.º da classificação da NASCAR Cup Series.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.