O britânico Lewis Hamilton, seis vezes campeão do mundo de Fórmula 1, revelou hoje que vai doar 500 mil dólares (450 mil euros) para auxiliar a Austrália, onde os incêndios causaram 27 mortos e vitimaram diversos animais.

“Vou doar 500 mil dólares para ajudar os animais, os voluntários que lutam pela vida selvagem e os bombeiros locais”, anunciou o piloto da Mercedes no ‘Twitter’, pedindo aos seus seguidores para fazerem igualmente uma doação.

O piloto, de 35 anos, fez acompanhar a sua mensagem de um vídeo, onde se vê um coala a ser salvo das chamas pelos habitantes australianos.

Para além de Lewis Hamilton, outros desportistas doaram dinheiro para ajudar ao combate dos incêndios na Austrália, tal como os tenistas Nick Kyrgios e Ashleigh Barty e ainda alguns basquetebolistas da NBA.

O número de mortos nos fogos na Austrália aumentou para 27, registando-se ainda 2.131 casas destruídas, um balanço que pode piorar com as avaliações nas zonas mais afetadas, disse hoje o primeiro-ministro.

“Temos a confirmação de 27 mortes e de 2.131 casas destruídas, mas estimamos que com mais avaliações dos danos, especialmente em Victoria, este número continuará tristemente a aumentar”, afirmou Scott Morrison aos jornalistas.

“Estamos muito longe do fim desta crise e deste desastre”, afirmou o governante, que anunciou apoio financeiro direto a 42 autarquias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.