O piloto espanhol Fernando Alonso cumpriu hoje apenas uma volta na primeira sessão de treinos livres para o Grande Prémio de Espanha de Fórmula 1, devido a um problema no motor do McLaren.

O monolugar do piloto espanhol resistiu apenas 15 minutos no circuito de Barcelona-Catalunha, palco da quinta prova do Campeonato do Mundo, e teve de ser removido com uma grua, podendo ser necessário substituir o propulsor.

Os responsáveis da equipa deram a indicação para o antigo bicampeão mundial parar imediatamente o carro, envolvido por uma nuvem de fumo e a derramar líquido, previsivelmente, de refrigeração do motor.

O incidente na prova ‘caseira’ surge na mesma semana em que Alonso fez um ultimato à McLaren, ameaçando abandonar a equipa e admitindo até terminar a carreira caso a escuderia não lhe apresente um carro competitivo nos próximos seis meses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.