O canoísta José Ramalho sagrou-se hoje vice-campeão na prova de K1 dos mundiais de maratonas, somando o sexto pódio português em Ponte de Lima, numa prova em que Fernando Pimenta, de luto pelo avô, foi quinto.

José Ramalho, de 40 anos e sete vezes campeão da Europa, viu fugir-lhe somente nos últimos metros um inédito título mundial na prova longa (tem um ouro na short race, duas pratas e três bronzes na distancia longa), para o sul-africano Andrew Birket.

Depois de 29,800 metros, a regata foi discutida ao sprint, acabando por prevalecer a ponta final de Birket, em 2:08.25,94 horas, com Ramalho a ficar a 1,10 segundos e o dinamarquês Mads, terceiro, a 1,42.

Fernando Pimenta, que quinta-feira foi campeão do Mundo na short race, esteve sempre com o grupo da frente, perdendo o contacto somente na fase final, relaxando no derradeiro quilómetro quando percebeu, com cãibras, que não tinha condições para disputar o que seria a sua 123.ª medalha internacional e a 15.ª esta época.

Pimenta despertou com a notícia do falecimento do avô, mas, ainda assim, decidiu competir na sua terra natal, na qual foi acarinhado por muitos milhares de adeptos ao longo do percurso: terminou a 17,39 segundos do ouro, numa especialidade na qual não competia internacionalmente há 10 anos.

Domingo, vai juntar-se a José Ramalho para, pela primeira vez, competirem juntos em K2, em nova esperança de pódio para Portugal.

Hoje, destaque ainda para o quarto lugar para o vice-campeão da Europa Sérgio Maciel em C1, o mesmo lugar do júnior Francisco Santos em K1.

Portugal tem agora seis medalhas nestes Mundiais, nomeadamente o ouro de Fernando Pimenta na short race e da júnior Beatriz Fernandes em C1 na distância longa, com a atleta limiana a ser igualmente bronze na short race, aberta a todos os escalões etários.

José Ramalho em K1 garantiu a única prata da seleção lusa que celebrou ainda o bronze dos juniores Ana Pereira e Joel Miranda, ambos em C1.

No medalheiro, Portugal é terceiro com dois outros, uma prata e três bronzes: a Hungria lidera com cinco outros e sete pratas, seguida da Espanha com quatro ouros, duas pratas e cinco bronzes.

Os Mundiais de maratonas juntam em Ponte de Lima 890 canoístas, oriundos de 36 países.

Programa para domingo:

08:50 K2 júnior masculinos.

08:55 C2 masculinos.

11:15 K2 femininos.

14:00 K2 masculinos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.