A 20.ª e penúltima etapa da Volta a França em bicicleta vai ser encurtada para 59 quilómetros, com a organização a justificar o corte com o estado das estradas, antevendo condições meteorológicas adversas.

A etapa, entre Alberville e Val Thorens, devia ter 130 quilómetros e passar na fase inicial pelo pico de Roselend, de primeira categoria, o que já não vai acontecer.

O pelotão seguirá uma via alternativa de Alberville até Moutiers, onde se reencontra com o traçado original e com a longa subida final, de 36 quilómetros, com a meta a coincidir com uma contagem de montanha de categoria especial.

A organização do Tour foi hoje confrontada com uma inesperada queda de granizo, de intensidade tal que obrigou às neutralização da parte final 19.ª etapa. Não houve classificação final e os tempos foram considerados na meta de montanha de Iseran.

Agora, a opção é mesmo não arriscar e considerar como prováveis derrocadas de terreno ao longo do trajeto. Nesse quadro, a hora de partida é alterada das 13:35 para as 14:30.

O colombiano Egan Bernal, da Ineos, lidera a classificação com 48 segundos de avanço sobre o francês Julian Alaphilippe, da Deceuninck Quick Step, e 1.16 minutos face ao galês Geraint Thomas, também da INEOS e vencedor em 2018.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.